Juíza concede liminar proibindo famílias de ocuparem fazenda em Chupinguaia

No último dia 11 de fevereiro juíza Christian Carla de Almeida Freitas, titular da 4ª Vara Cível de Vilhena determinou que as famílias que se preparavam para entrar numa área de terras que já foi palco de violentos conflitos agrários na cidade de Chupinguaia, se mantenham afastadas da propriedade.

No começo do mês as famílias que reivindicam a terra avisaram à Polícia Militar que ocupariam pacificamente a propriedade.

A ação se baseava na interpretação dada a uma sentença da mesma juíza, porém, a magistrada não autorizava a ocupação.

A juíza não autoriza a ocupação do imóvel, mas como um trecho da sentença diz que o lote 40 da Fazenda Dois Pinguins voltou para a União, às famílias entendem que podem entrar no imóvel.

Já na liminar concedida recentemente, a juíza determina que a área não seja invadida pelo grupo e estabelece multa diária de R$ 2 mil, até o limite de R$ 200 mil em caso de obediência à ordem judicial.

 Diário da Amazônia