Porto Velho: marido bate com a caminhonete várias vezes no carro da esposa e é preso

(Foto: Ilustrativa)

Um homem foi conduzido à Central de Flagrantes após colidir, propositalmente, várias vezes contra o carro da esposa na rua Rio Madeira em Porto Velho. A mulher disse à polícia que o marido não aceitava o fato dela ter escolhido um determinado método contraceptivo.

O boletim de ocorrência foi registrado como dano, depredação, direção perigosa, desobediência, ameaça, resistência e tentativa de homicídio.

Policiais viram o condutor da caminhonete de cor preta em direção perigosa, realizando um “zig-zag” com o veículo pela via na intenção de bater no veículo da vítima, e com isso colocando em risco a integridade física de outras pessoas que transitavam na rua. Em um determinando momento, com uma manobra, fechou o carro da vítima e propositalmente colidiu no veículo.

A vítima, segundo o boletim de ocorrência, foi o forçada a parar o veiculo no acostamento. Já parada, o condutor da caminhonete, em ato contínuo, colidiu diversas vezes no carro dela e causou grandes danos materiais.

Os PM’s descreveram que o homem estava “muito exaltado” e com a intenção de machucar a vítima, que é esposa dele.

Diante de toda a ação do suspeito, foi dada várias vezes a ordem de parada, mas o homem não obedeceu. Para impedir a fuga dele, um policial, que estava em um carro descaracterizado, fechou a caminhonete.

Foi realizada a abordagem e dada ordem para que o homem descesse da caminhonete e deitasse no chão, momento em que foi dada voz de prisão. No entanto, o homem, exaltado, desobedeceu a ordem policial e começou a chamar os policiais “pra porrada”.

Diante do comportamento do suspeito, foi necessário o uso de força para imobilizá-lo e algemá-lo. Porém, mesmo assim, ele resistiu e desacatou a ordem para entrar na viatura, sendo necessário, novamente, o uso da força. Ele foi colocado no compartimento de preso da viatura e conduzido para a Central de Flagrantes.

No vídeo abaixo mostra que foram necessários quatro homens para segurar e colocar o suspeito dentro da viatura.